Pressione Enter para pesquisar ou Esc para fechar

Quem Somos?

Tiago, Sandra e Inês. 

Ainda não fizemos o teste, mas diz-nos a experiência que temos em comum uma coisa: o gene DRD4-7R causador do Síndrome PPP – Permanent Passport in Pocket (Passaporte Sempre no Bolso).

 Só isto explica que apesar de vivermos em cidades diferentes (Matosinhos, Vila Praia de Âncora e Gotenburgo, na Suécia), apesar das nossas deslocações constantes (todos nós temos largas dezenas de países nos nossos currículos de viajantes), apesar das nossas muito distintas actividades profissionais e até apesar das nossas diferenças de idades, tenhamos sido capazes de nos cruzarmos nesta vida para juntos perseguirmos um só objetivo: tornar o nosso belo mundo mais pequeno e mostrá-lo aos nossos clientes através das lentes dos nossos corações.

 A nós juntam-se regularmente outros viajantes, também eles apaixonados pela imensa diversidade do nosso planeta e igualmente motivados para liderar grupos pelos trilhos das aventuras que imaginamos e concretizamos em equipa.

 Nada nos dará mais prazer do que levar-te connosco. Vem daí!

 

Conhece os nossos Viajantes

Team member image

Inês Miranda

Team member image

Sandra Barão Nobre

Team member image

Tiago Franco

Team member image

Nelson Silva

Team member image

Gonçalo Cruz

Como Viajamos?

A Magellan Route tem como missão criar viagens, culturais e/ou activas, a preços reduzidos, mas sem nunca sacrificar a qualidade das mesmas.

Para isso contamos com um conjunto de líderes de viagem experientes — com largas dezenas de países visitados em todos os continentes — que continuam a organizar as suas aventuras como faziam antes da Magellan Route existir (quando partiam sozinhos ou na companhia de um par de amigos apenas): escolhem os destinos e as rotas, definem os calendários, escrevem os programas, estabelecem os contactos necessários no terreno, escolhem alojamentos e transportes, enfim, tratam de todos os detalhes inerentes a uma viagem.

Depois abrimos vagas para um número limitado de inscrições, não só por questões de logística, mas sobretudo porque não queremos abdicar do registo intimista que acreditamos distinguir as nossas viagens das demais.

Agora que o “como?” está esclarecido, vamos fazer a mochila?

Porque Viajamos?

Porque temos o privilégio excepcional de estarmos vivos neste Planeta que, apesar dos seus problemas graves, sabe ser o mais lindo! E porque o mundo está aqui, ao nosso alcance, sempre a chamar por nós, porque há uma paisagem que ainda não vimos com os próprios olhos, um monumento que marca um capítulo fundamental da jornada Humana e que ainda não visitámos, uma iguaria que ainda não provámos, uma aprendizagem determinante que está por fazer, uma experiência transformadora por viver, um/a amigo/a que está por conhecer.

Viajar neste globo tão vasto e tão pequeno agiganta-nos e humilda-nos, robustece-nos porque assumimos as nossas vulnerabilidades, torna-nos flexíveis porque aprendemos a relativizar, aprofunda o nosso autoconhecimento pelo confronto com o que nos é estranho, tona-nos mais sensatos ao confirmar que o medo do outro é infundado e humaniza-nos ao testemunharmos em primeira mão que todas as crianças, mulheres e homens deste planeta ambicionam exactamente o mesmo que nós: o aconchego de uma família, amor, amigos, saúde, uma casa que os abrigue, trabalho, justiça paz, enfim… a dignidade de uma vida normal.

E porque às nossas infinitas razões para viajar, queremos juntar as tuas. Vamos partir juntos?